Mentirosos (E. Lockhart)

MENTIROSOS_1410223052B

Autora: E. Lockhart

Ano: 2014

Resenha: Esse livro é maravilhoso e sensível e me deixou chorando por horas 😥

Vamos à sinopse:

Cadence vem de uma família rica, chefiada por um patriarca que possui uma ilha particular no Cabo Cod, onde a família toda passa o verão. Cadence, seus primos Johnny e Mirren e o amigo Gat (os quatro ‘Mentirosos‘) são inseparáveis desde os oito anos. Durante o verão de seus quinze anos, porém, Cadence sofre um misterioso acidente. Ela passa os próximos dois anos em um período conturbado, com amnésia, fortes dores de cabeça e muitos analgésicos, tentando juntar as lembranças sobre o que aconteceu.” (sinopse oficial Editora Seguinte)

A premissa do livro é interessante, não é inédita ou sensacional, porque né vários livros já tem essa temática de relembrar das coisas e trazer flashbacks e essas coisas, mas é explorada de uma forma verdadeira, afinal, é um romance contemporâneo. Só pra citar alguns exemplos de livros com esse mistério de lembranças: Série Reiniciados (Terri Tery), Deslembrança (Cat Patrick), Gata Branca (Holly Black). Enfim, romances que mechem com lembranças e coisas esquecidas temos de monte, acho que a diferença está em onde isso tudo termina. Esse final, é o diferencial e é uma das melhores coisas sobre o roteiro ❤

A narrativa é fantástica, é sensível, é verdadeira, com características lírias, todos esses aspectos contribuem envolvem o leitor de forma que você se sente próxima dos personagens. As metáforas usadas para descrever as sensações não são óbvias, são diferentes, são inéditas. A escrita grita originalidade e é inegável a criatividade na descrição de detalhes simples. Um exemplo dessas metáforas, é a adaptação que a autora faz de contos e fábulas com a situações que eles passam na Ilha.

Com relação aos personagens, é impossível não se envolver com eles. É impressionante que em um livro de 260 páginas, você consiga conhecer e se apaixonar tanto os personagens como acontece nesse livro. Todos os personagens têm dinâmicas únicas entre eles. É notável a forma como a autora se preocupou em dar características pessoais para cada personagem, ela até desenvolveu palavras chaves para dar identidade a eles, o que foi um ótimo recurso para nos sentirmos mais próximos e familiarizados com eles.

– Não grite com ela, Johnny – diz Mirren.

– Desculpe – diz Johnny. – Você pode, por favorzinho com açúcar mascavo e canela, formar uma porra de uma palavra no Scrabble?

Eu amei todos os personagens, mas o Johnny é extra engraçado! 😉

Enfim, é um livro verdadeiro, você pode sentir que os diálogos são completamente possíveis de ocorrer entre jovens daquela idade, todas as ações deles são justificadas e muito bem motivadas, e, assim, tem um drama familiar que é incrível, aborda temas ainda muito atuais como preconceito e tradições familiares. Como o Scott Westerfeld disse na contracapa da edição brasileira, é uma história muito interessante sobre como as famílias têm seus hábitos e rituais rígidos, ou seja, “como as famílias vivem suas próprias mitologias”. Eu acho que é um livro muito interessante, que traz além de romance, drama e esse suspense, traz reflexões muito válidas ❤

mentirosos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s