Premiação SYL Awards 2015!

SYL Awards 2015!

SYL Awards, ou Selected-from-Your-Library Awards 😉 , é um tipo de seleção de melhores livros em diversas categorias, onde quem escolhe os ganhadores sou eu!
 
Vamos às categorias deste ano!
x
 Melhor Livro (ou livro que eu mais gostei)
A Herdeira do Fogo, da Sarah J. Maas
Por Lugares Incríveis, da Jennifer Niven
To All The Boys That I Loved Before, da Jenny Han
O Mar Infinito, do Rick Yancey
Garota Exemplar, da Gillian Flynn
x
Melhor Romance (ou livro que me deu mais feels *-*)
Vanishing Girls, da Lauren Oliver
A Herdeira do Fogo, da Sarah J. Maas
After, da Anna Todd
Por Lugares Incríveis, da Jennifer Niven
 To All The Boys That I Loved Before, da Jenny Han
x
Melhor Comédia (ou livro que eu mais ri)
A Menina Mais Fria de Coldtown, da Holly Black
The DUFF, da Kody Keplinger
To All The Boys That I Loved Before, da Jenny Han
O Projeto Rosie, do Graeme Simsion
Wingman (Woman), da Bella Jewel

x
Melhor Contemporâneo
More Happy Than Not, do Adam Silvera
Vanishing Girls, da Lauren Oliver
Por Lugares Incríveis, da Jennifer Niven
Saint Anything, da Sarah Dessen
To All The Boys That I Loved Before, da Jenny Han
x
Melhor Ficção Científica (ou melhor livro de sci-fi)
This is Not a Test, da Courtney Summers
O Mar Infinito, do Rick Yancey
Alma?, da Gail Carriger
Broken Skies, da Theresa Kay
A Joia,  Amy Ewing
x
Melhor Fantasia (ou livro de fantasia)
A Herdeira do Fogo, da Sarah J. Maas
A Corrida do Escorpião, da Maggie Stiefvater
A Ilha dos Dissidentes, da Bárbara Morais
A Floresta de Mãos e Dentes, da Carrie Ryan
Red Queen, da Victoria Aveyard
x
Melhor Romance Adulto
Garota Exemplar, da Gillian Flynn
Captive to a Pirate, da Lilith T. Bell
Still Life With Strings, da L.H. Cosway
After, da Anna Todd
Six of Hearts, da L. H. Cosway
x
Melhor História em Quadrinho
As Aventuras na Ilha do Tesouro, do Pedro Cobiaco
Deadly Class, do Rick Remender
Effigy, do Tim Seeley
Bitch Planet, da Kelly Sue DeConnick
The Wicked + The Divine, do Gillen McKelvie
x
Melhor Adaptação para o Cinema
Jogos Vorazes: A Esperança – Parte II (Suzanne Collins)
Me, Earl and the Dying Girl (Jesse Andrews)
The 100 (Kass Morgan)
Insurgent (Veronica Roth)
Cidades de Papel (John Green)
x
Melhor Quote (melhor citação de livro)
x
“A assassina não deixaria que aquela luz se apagasse.Encheria o mundo com aquela luz, com a luz dela – o dom dela. A jovem acenderia a escuridão com tanta força que todos aqueles que estavam perdidos ou feridos ou partidos encontrariam o caminho até lá, um farol para aqueles que ainda viviam no abismo. Não seria preciso um monstro para destruir outro monstro, mas luz, luz para guiá-la e afastar a escuridão.
Celaena não tinha medo.”
Herdeira do Fogo, da Sarah J. Maas
x
 “Her parentes didn’t understand that braille meant big clunky books that marked you as different, while audiobooks live invisibly on your phone and text-to-speech gave you the whole damn internet.”
Zeroes, do Scott Westerfeld, Margo Lanagan e Deborah Biancotti
x
 “Sometimes day and night reverse. Sometimes up goes down and down goes up, and love turns into hate and the things you counted on get washed out from under your feet, leaving you pedaling in the air.Sometimes people stop loving you. And that’s the kind of darkness that never gets fixed, no matter how many moons rise again, filling the sky with a weak approximation of light.”
Vanishing Girls, da Lauren Oliver
x
 “Cruelty is easy, and it breeds only misery. Kindness is harder, and you have to be brave to give it. To be cruel, you can stay closed off from everyone, wear a mask, but to be kind, in essence, to show love, you have to make yourself vulnerable, show your true self to someone and open yourself up to rejection.”
The Nature Of Cruelty, da L. H. Cosway
x
 “Sinto um estranho e feroz aperto no coração quando o vejo, como orgulho, apesar de não ter nada em relação a Sean sobre o qual eu possa levar o crédito.”
Corrida do Escorpião, da Maggie Stiefvater
x
Revelação do Ano (ou autor(a) que fiquei mais feliz em conhecer rs)
The Jock and the Fat Chick, da Nicole Winters
To All The Boys That I Loved Before, da Jenny Han
More Happy Than Not, do Adam Silvera
Dorothy Must Die, da Danielle Paige
This is Not a Test, da Courtney Summers
 x
O resultado dos TRUE WINNERS de cada categoria do SYL Awards será divulgado dia 28 de Dezembro aqui no blog em um post especial de amor a eles ❤ ❤
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s